Mortos pela barragem de Brumadinho chegam a 142; 194 estão desaparecidos … –

Escrito por em 5 de fevereiro de 2019

O Corpo de Bombeiros informou, no começo da noite desta terça-feira (5), que o número de mortos em decorrência da queda da barragem I da Mina do Feijão chegou a 142. Segundo as autoridades, 194 pessoas continuam desaparecidas, sendo 61 funcionários da Vale e 133 terceirizados ou moradores das comunidades ao redor.  Outras 392 pessoas já foram localizadas pelos bombeiros. Três pessoas continuam hospitalizadas e 103 estão desabrigadas.

A corporação informou ainda que 399 bombeiros continuam trabalhando nas buscas em Brumadinho. Destes, são 200 militares do Corpo de Bombeiros de Minas Gerais; 64 da Força Nacional; 110 bombeiros de outros estados e 25 voluntários. Os bombeiros vêm trabalhando nesta terça com 30 equipes espalhadas por toda a região atingida que fora devastada pela lama, com maior atenação e concentração em locais onde a possibilidade de encontrar vítimas é maior. As autoridades também estão realizando escavações com máquinas pesadas em locais onde a lama já está enrijecida.

Militares acompanhados de 14 cães fazem uma varredura nas matas do entorno na área atingida, enquanto homens da Força Nacional estão empenhados na região onde ficava a pousada Nova Estância e em demais locais estratégicos.

BOMBEIROS ENCONTRARAM CARRO NO RIO Durante o 12º dia de buscas por vítimas do rompimento da barragem da Vale em Brumadinho (MG), o Corpo de Bombeiros encontrou, com a ajuda de barcos, um carro vermelho com as rodas viradas para cima no rio Paraopeba. Ainda não se sabe se há vítimas dentro do veículo.

Na tarde desta terça-feira (5), militares trabalhavam com auxílio de ferramentas hidráulicas de corte de ferragens para tentar acessar o interior do carro. A suspeita dos bombeiros é de que ele tenha sido arrastado pelo mar de lama e capotado.

uol.com.br


Opinião dos leitores

Deixe uma resposta


Continuar lendo

Educadora 90.9

Jacarezinho

Current track

Title

Artist

     Uma Emissora da Rede Educadora de Comunicação e Evangelização.

Background